30
Jun 10

Aprendizes do amor

Para refletir:

O relacionamento mais duradouro que terei é o relacionamento comigo mesmo. Todos os outros vêm e vão. Mesmo os casamentos que duram “até que a morte os separe” acabam um dia. A única pessoa com quem estou para sempre sou eu mesmo. O relacionamento comigo é eterno. Se não tenho um bom relacionamento comigo, como posso ter com os outros? Se não me amo, estarei sempre procurando alguém que me complete, me faça feliz, realize os meus sonhos.

Ser carente é o jeito mais fácil de atrair um relacionamento insatisfatório. Se você espera que a outra pessoa conserte a sua vida, que seja sua melhor metade está preparando um fracasso. Precisa estar feliz com o que você é antes de entrar num relacionamento. Precisa ser tão feliz que nem precise de um relacionamento para ser feliz. Se você tem uma ligação com alguém que não se ama, desista! Você nunca será “bastante bom” para ela.

Aprenda a se amar e estará aprendendo a amar o outro, em sua total cumplicidade e plenitude. Portanto, a decisão é sempre sua e só você pode escolher o que deseja para a sua vida. Dê amor antes de querer receber. Viva o amor pela simples razão de que, sendo humano, você é um ser de amor. Se você quer ser feliz na vida amorosa, celebre, alegre-se pela sua capacidade de amar, transborde de amor. Só então você estará apto para partilhar o melhor dos sentimentos. Somos todos aprendizes do amor. Tenha sempre em mente que pessoas felizes constroem uniões felizes.

SEJA FELIZ, VOCÊ MERECE!

Fonte: GP On Line

Ctba, 19/jun/10

Prof.ª Mª M. Prybicz

publicado por mariaprybicz às 18:23
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
2010
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO